Conta tudo: A famosa frase

12/02/2016

E lá estava eu, a conversar com um amigo de dois ou três anos, quando ele me perguntou se eu sabia o que era amar alguém, logo respondi comigo mesma, é cuidar, é querer fazer aquela pessoa feliz, é compartilhar momentos felizes... logo mais ele me respondeu que não que quando se ama alguém de verdade você morreria no lugar daquela pessoa e no fim das contas percebi que ele tinha razão é exatamente o que Jesus fez ele deu sua vida por AMOR a todos na cruz, a mesma coisa que uma mãe faz por um filho, ela é capaz de dar a vida por seu filho. Então logo percebi o sentindo de tudo que ele estava me dizendo o fato de hoje em dias usarmos a famosa frase: Eu te amo! É tão em vão! Dizemos para qualquer, dois ou três beijos, quatro ou cinco meses, duas ou três noites de sexo e eu te amo.
 Perdeu o sentido antes algo que era tão especial virou tão banal. No final conclui que meu amigo estava certo sobre o amor e que eu tinha todos os meus conceitos errados, não estou dizendo que é algo possessivo e louco daqueles que quando a pessoa diz que vai te deixar você logo solta um vou me matar, vou morrer sem você, na verdade é a ideia de ouvir que aquela pessoa tem poucos dias de vida, talvez uma doença incurável e você pensa consigo que se pudesse daria a sua vida por amor aquela pessoa, para que ela vive-se mais. Quando sentir-se assim então meu amigo diga que ama, diga profundamente pois os dias voam, os meses se teleportam e os anos não sei nem onde foram parar, mas eles não estão mais aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário