Diário de Gestação : 19 e 20 Semanas

31/05/2016

Pensei bastante antes de começar o diário de gravidez, após ler em vários lugares que isto seria libertador, aqui estou, por dois motivos um para me ajudar e outro para ajudar outros mães de primeira viagem. Vejo diariamente diários de gestação de blogueiras famosas, que tem a realidade de vida um tanto quanto ou muito diferente da minha, mas mesmo assim eles me ajudam, antigamente falar sobre gravidez ao público era coisa de gente fresca hoje em dia ainda é, muita gente da minha família vai me criticar por isto outros vão adorar acompanhar as mudanças e o crescimento do pequeno (a) .
As mudanças começaram pra valer nesse segundo trimestre de gestação, antes a barriga nem aparecia, acho que convivi três meses com a pergunta: Mas cadê a barriga ? Cheguei a ler umas duas ou três matérias sobre mulheres dizendo como é complicado essa fase da vida da mulher onde a ditadura da beleza não para de existir, acreditem para alguns existe o tamanho correto de barriga de 3 meses, mas no fim das contas agora que estamos chegando aos cinco meses ela apareceu, e chegou chegando, as calças antigas já não servem , sinto falta dos meu jeans todas as manhãs, e realmente é estranho ver a barriga que sempre foi chapada de repente saltar e ficar arredondada, eis ai outro dilema barriga espalhada ou pontuda, tem horas que está pontuda outras se espalha por completo, juntando isso com o dilema do sexo do bebê, tenho ouvido apostas constante, já pensei em fazer um bolão, mas logo o dilema chega ao fim dia 06 de junho teremos o segundo ultrassom morfológico  e mamãe e papai estão ansiosos para saber o sexo. Outro fator complicado tem sido o estresse tenho tido para dar e vender, nunca fui a rainha da paciência e nesses dias tudo tem me tirado a paciência, o mais interessante é que quando os nervos vão subindo vem os chutes, são o sinais de "mamãe calma ai se controla", comecei a contar os chutes e descobri que aquele estalinho na barriga é a coisa mais gostosa do mundo é a comunicação mais perfeita que existe, é maravilhoso quando começo meu dia e sento para ver o jornal enquanto espero a carona para o trabalho e vem o chutinho é o bom dia mais gostoso que existe, amor de mãe é uma coisa que cresce todo dia, você se pega no banho conversando com sua barriga, no almoço ou no ônibus em pensamento, e no final na noite lá estão os chutinho novamente dizendo que ainda é cedo para deitar.


Esthéfany Ferreira com 19 Semanas, barriga de 18 cm, papai babão e presente, avós ansiosos, uma tia babona e um tio que promete ensinar todas as traquinagens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário