Gravidez: Ganho de peso

21/09/2016




Esse post se torna pesado pela ultima palavra do título "peso", lembro que assim que descobri a gravidez um dos meus maiores medos era o ganho de peso, eu sempre fui a Olívia palito da turma, entretanto depois de dois anos de casada consegui chegar no meu peso ideal e devo confessar que estava realmente feliz com meus 58 kg, antes da minha primeira consulta com o obstetra li algumas matérias na internet falando que durante a gestação a mulher poderia engordar de 14 a 16 kg, fiquei por dias me imaginando com 14 kg a mais e o desespero era certo, eu que nunca me preocupei em engordar comecei a temer os kg que viriam, o mais engraçado de tudo foi que logo na minha primeira consulta descobri que só poderia engordar um kg por mês ou seja 9 kg ao final da gestação, meu obstetra com toda paciência do mundo me passou a lista de alimentos que deveria ingerir e os horários que eles eram permitidos. Complicado mesmo foi quando no final de tudo ele me deixou bem claro que no jantar eu só poderia comer saladas, legumes e Carnes uma porção no máximo média, nas primeiras semanas eu segui a orientação médica, mas quando chegamos no quinto mês de gestação eu não aguentava mais, comecei a extrapolar, massas e mais massas, churrasco, doce eu conseguia comer controlado em todos os  horários mas no jantar a fome era de quatro mendigos.
Foi assim que no sexto mês quando subi na balança eu havia engordado 2,5kg em um mês a bronca foi certa, e o pior de tudo que me deixou na revolta completa foi que eu só havia até aquele mês engordado 1,5kg ou seja eu ainda tinha 2kg livres na balança, não acho que o obstetra estava errado nas palavras dele e eu era magra mas não podíamos vacilar e arriscar a ter complicações. 
Resultado: fechei um pouco a boca mas continuei fazendo meus extravasos nos fins de semana, atualmente com 37 semanas de gestação ( 9 meses o/) engordei 8 kg, não me vanglorio por ter mantido a base que o médico me passou, mas devo admitir que hoje entendo um pouco a questão do ganho de peso, chega uma fase da gestação que o aumento de peso influencia em tudo desde a movimentação até as preciosas horas de sono, penso se com nove a mais está difícil, imagine com 16,20 ou 30 kg, por outro lado gosto de compreender minhas colegas gestantes, conheço muitos casos de mulheres que fecharam a boca , foram fies a alimentação regular mas mesmo assim não conseguiram evitar o aumento de peso excessivo, existem outros fatores que colaboram para ganho de peso durante a gestação e isso complica tudo pelo menos três vezes mais, no final das contas o importante é ver o exames de sangue ok, poder ver que a sua pressão está equilibrada e acima de tudo ver seu pacotinho se desenvolvendo bem, porque tudo que ingerimos vai para eles, ao final quero deixar registrado que a melhor sensação e quando comemos aquela barra de chocolate e cinco minutos depois eles fazem uma bagunça interminável dentro de nós , a alegria é conjunta e no fim estar feliz , saudável e de bem com a vida é o que importa. Não se sinta culpada quando os números na balança não forem os esperados por você, mantenha-se firme no propósito de gerar o seu pequeno (a), não se restrinja , cumpra todos os desejos da gestação que existem sim ! E há de quem me falar que isso é mentira hahaha


Gostou do post ? Então compartilhe ! 
Dicas e sugestões entre em contato conosco pelo e-mail: contatoesthefanyferreira@gmail.com






Nenhum comentário:

Postar um comentário